TerapiasInsônia? O que fazer?

5 de fevereiro de 2021by Joel Leitte0

A insônia é um distúrbio persistente que prejudica a capacidade de uma pessoa adormecer ou, ainda, de permanecer dormindo durante toda a noite. Assim, a qualidade de vida da pessoa, em geral, costuma ficar comprometida. Isso porque as horas de repouso servem para regular os hormônios no organismo, como os níveis de cortisol, responsável por controlar o estresse, reduzir inflamações, auxiliar o sistema imunológico, ajustar os níveis de açúcar no sangue, além de repor a energia vital e organizar a mente.

Um sono de má qualidade pode causar um desequilíbrio hormonal, e consequentemente, desencadear algumas doenças como por exemplo, a depressão, a ansiedade e desequilíbrios físicos.

Assim que os primeiros sintomas da insônia aparecerem a primeira coisa a ser feita é procurar um especialista para que o diagnostico seja feito e se saiba a causa real do distúrbio. Dessa forma, a pessoa começa seu tratamento, seja farmacológico ou não farmacológico.

E, caso os fármacos não sejam viáveis para você, existem alguns tratamentos complementares para a insônia, como por exemplo:

  • Higiene do sono;

É uma prática comportamental e ambiental desenvolvida no final dos anos 70 como um método para ajudar as pessoas com insónia leve e moderada que consiste na adoção de um conjunto de bons comportamentos, rotinas e condições ambientais relacionadas com o sono, que possibilitam uma melhor qualidade e duração do sono.

  • Alimentação balanceada;

Comer muito antes de dormir atrapalha a digestão e alimentos como café, chá, refrigerantes à base de cola e outras bebidas que contenham cafeína são estimulantes e seu consumo está diretamente relacionado à insônia que pode vim a ser um fator desencadeador do distúrbio.

  • Praticar atividade física;

Praticar atividade física faz com que você possa dormir mais rápido, relaxar, descansar melhor, ter um sono mais profundo e de qualidade, além de que você sente-se mais disposto no outro dia e, ao unir tudo isso, melhora a qualidade de vida como um todo. Isso porque a pratica de exercícios físicos ajuda a regular o metabolismo e o funcionamento do organismo como um todo, o que reduz os efeitos da insônia e confere melhores condições para que se possa normalizar o sono.

  • Aromaterapia;

É um tratamento terapêutico baseado na utilização de óleos essenciais e outro tipo de fragrâncias com o intuito de melhorar o bem-estar físico e psicológico de uma pessoa. Assim que inalamos um óleo essencial, o aroma segue até o cérebro, no nosso sistema límbico, que é o responsável pelos comportamentos e emoções. Alguns óleos extraídos de flores possuem propriedades calmantes e relaxantes e são excelentes para insônia, como por exemplo, o óleo essencial de lavanda, camomila, manjerona ou manjericão.

  • Auriculoterapia;

A auriculoterapia ou auriculopunctura é uma forma de medicina integrativa que baseada na ideia de que o pavilhão auditivo da orelha, ou aurícula, é um micro-sistema em que todo o corpo é representado por um mapa. Essa técnica funciona como coadjuvante no tratamento da insônia, resgatando o equilíbrio do organismo, pela liberação de neurotransmissores como serotonina que ajudam o organismo a relaxar.

  • Fitoterapia;

A fitoterapia é um tratamento onde se utilizam remédios naturais e como todo medicamento, passam por uma série de pesquisas para comprovar sua eficácia. Alguns deles possuem substâncias que funcionam como sedativos suaves e ansiolíticos, que podem ajudar antes de dormir. As plantas mais conhecidas e estudadas com essa ação são a lavanda, a passiflora, a kava-kava, a camomila e a valeriana.

  • Fitoenergeticos;

A Fitoenergética estuda as propriedades energéticas das plantas, para harmonizar pessoas e ambientes. Os tratamentos são feitos a partir de diferentes combinações de diversas ervas, que variam seu uso conforme a causa emocional e física da doença ou do problema. Plantas como a lavanda, a camomila, o capim-cidreira e a laranjeira, por exemplos, podem ser utilizadas em tratamentos fitoenergéticos como os banhos energéticos, os escalda pés, os incenso etc.

  • Meditação;

Praticar meditação é uma maneira poderosa de combater o estresse diário, deixando-o mais relaxado e calmo para uma boa noite de sono. Respirar conscientemente reduz as reações do sistema nervoso autônomo, te trazendo um estado de relaxamento, plenitude e conexão com o seu verdadeiro eu.

  • PNL;

A Programação neurolinguística (PNL) é uma abordagem pseudocientífica que visa aproximar comunicação, desenvolvimento pessoal e psicoterapia, criada em 1970 essa técnica ajuda dissolvendo crenças e produzindo novos hábitos que contribuem para um sono mais agradável. Através da hipnose e exercícios respiratórios também é possível ter bons resultados.

  • Terapia cognitivo-comportamental;

A terapia cognitivo-comportamental para insônia (TCC-I) é a primeira escolha de intervenção usada no tratamento da insônia crônica, uma vez que as pessoas insones geralmente desenvolvem pensamentos e comportamentos negativos em relação ao sono.

Por isso é de extrema importância você ter um estilo de vida saudável e equilibrado.

Avaliação de Usuários

REPLY
Cancel

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Avaliação de Usuários

REPLY
Cancel
error: Este conteúdo é protegido!