AromaterapiaTerapiasAromaterapia, a cura pelo olfato

26 de março de 2021by Joel Leitte0

Os benefícios terapêuticos dos óleos de plantas aromáticas são valorizados a milênios pelas culturas mais antigas, vistos na literatura védica, nos textos da medicina chinesa e em tradições xamanicas para melhoria da saúde e espiritualidade. Na Grécia, Hipócrates fazia uso de fumigações aromáticas para erradicar a praga de Atenas, ja o Egito era conhecido por receber médicos do mundo inteiro para aprender a cura pelos aromas.

Na década de 1930, o químico francês René-Maurice Gattefossé, foi o primeiro a se referir ao uso terapêutico dos óleos essenciais como aromaterapia que é uma terapia natural, que utiliza as propriedades aromáticas presentes nos óleos essenciais de flores e plantas. Cada um desses aromas possui propriedades curativas. É muito indicada para: alívio de ansiedade, deficiências respiratórias e dores; auxílio em depressão, tristeza e síndrome do pânico; conexão com criança interior, concentração, autoestima, amor próprio.

Isso porque quando inalamos um aroma de óleos essenciais, os receptores do nariz enviam mensagem para o sistema límbico do cérebro. Atuando no nosso humor e no estado emocional, esse processo também pode causar efeitos fisiológicos no corpo. Além do uso olfativo os óleos essenciais também podem ser utilizados topicamente sobre a pele, se misturados com óleos 100 % vegetais.

Avaliação de Usuários

REPLY
Cancel

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Avaliação de Usuários

REPLY
Cancel
error: Este conteúdo é protegido!